Vanja Hertcert - Arquitetura

Encantado - Região dos Vales

Cosuel comemora aniversário e vive melhor momento econômico / acessar

A Cooperativa dos Suinocultores de Encantado Ltda. (Cosuel) comemorou sábado 60 anos de existência. Fundada em 15 de junho de 1947, idealizada por João Batista Marchese, começou com 386 agricultores associados. O ato solene foi realizado no pátio interno do parque industrial, nas imediações onde estão localizados o Memorial Cosuel, o Espaço de Gastronomia e o Centro Cultural inaugurados no final da solenidade.

O presidente Gilberto Piccinini lembrou em seu discurso o idealismo do fundador e a trajetória de evolução da cooperativa. "Entre lutas, dificuldades e conquistas, a Cosuel sempre acompanhou a evolução do mercado." A partir de 1990 foi feita uma reestruturação, abandonando a diversificação para direcionar seu foco na suinocultura, setor leiteiro e produção de grãos para atender a realidade do mercado globalizado. Piccinini disse que a administração da entidade foi profissionalizada, assim como a produção, na propriedade do associado, visando alcançar a qualidade.

"Queremos agradecer a todos, diretorias, associados, funcionários e os colaboradores que ajudaram a construir esta obra chamada Cosuel", afirmou Piccinini.

O diretor superintendente da Cosuel Carlos Alberto Figueredo Freitas disse que "a cooperativa vive um dos melhores momentos em toda sua existência com a parte financeira equilibrada, estrutura produtiva moderna e com uma administração profissional". Salientou que a entidade está preparada para cumprir sua missão de promover o desenvolvimento econômico e social.

O prefeito de Encantado Agostinho Orsolin disse que a Cosuel é um orgulho para o município e toda região por sua importância econômica e social. O presidente da Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul (Ocergs) Virgílio Frederico Peres afirmou que "a Cosuel é um modelo do cooperativismo gaúcho pelo seu dinamismo, capacidade produtiva e a forma séria e competente como é administrada". A Assembléia Legislativa esteve representada pelo deputado Edson Brum, que enfatizou a importância da Cosuel para a economia e o trabalho social na geração de empregos e alimentos para as pessoas. Mário Bern, diretor do BRDE, representou a governadora Yeda Crusius. Para ele, " a Cosuel é uma empresa consagrada e que produz alimentos de qualidade, reconhecidos pelo público consumidor".

O bispo dom Sinésio Bohn e o vigário da paróquia de Encantado Valmir Baldo fizeram o momento religioso da solenidade. A espiritualidade, que está muito presente na vida dos associados. "Agradecemos a Deus pelos 60 anos de existência e rezemos por novas vitórias. Que a Cosuel se mantenha unida em torno de seu ideal associativo", rezou o bispo. Enquanto o padre Valmir abençoou os presentes, o bispo convidou a todos para rezar a oração do Pai-Nosso em forma de ação de graças por todas as conquistas.

Inaugurações

Depois da solenidade ocorreram as inaugurações dos espaços que marcam a história dos 60 anos da cooperativa criados pela arquiteta Vanja Hertcert e por Rubens Sant’Anna Filho. O Memorial Cosuel guarda a história da empresa, desde a vinda dos imigrantes que colonizaram a região, a fundação da cooperativa, até os dias atuais. Os relatos são feitos em painéis com texto, fotos e objetos de época.

O Centro de Cultura é um ambiente com biblioteca e auditório para múltiplas atividades. O Centro de Gastronomia Ouro Branco tem por finalidade mostrar os alimentos produzidos pela cooperativa e serve para fazer a degustação destes.

Estas três obras foram construídas a partir de espaços já existentes, inclusive a estrutura da fábrica de óleos vegetais foi incorporada ao Memorial.

Sócios fundadores

Dos 386 sócios fundadores, cinco estão vivos e todos eles estavam presentes à solenidade, fazendo parte do palanque oficial. Orestes José Bigliard (87) foi à cerimônia acompanhado da esposa Hilda e do filho Romeu. "É um orgulho ter participado da fundação desta cooperativa. Começamos do zero e hoje é esta potência. Estou muito feliz em ver que deu certo o que começamos, com muitas dificuldades e hoje é este sucesso." Quando começou a participar da entidade produzia suínos e eles não tinham valor e "com a criação da Cosuel a vida dos agricultores melhorou". A cooperativa possui atualmente um quadro de 2.980 associados e 1.050 funcionários.

Ex-presidente

Os ex-presidentes da cooperativa foram lembrados através de Jatir Mesacazza, que administrou a entidade durante 14 anos, de 1976 a 1990. "Os 60 anos representam uma vitória para o cooperativismo. A Cosuel sempre se manteve fiel aos seus princípios e ao ideal de servir aos seus associados." Mesacazza disse que se sente feliz em poder participar dos festejos de uma conquista de tantos anos. Para ele, 2007 está sendo muito especial. Além de participar das comemorações dos 60 anos da Cosuel, em maio viveu os 40 anos do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Bréscia, onde também ocupou a presidência por 12 anos e no dia 2 de julho serão comemorados os 25 anos do Sicredi Região dos Vales, do qual foi o presidente fundador e ficou no cargo por seis anos. Até hoje mantém a conta bancária de número 01.

A solenidade que marcou os 60 anos da Cosuel foi destacada pela presença de associados, funcionários e muitas autoridades, além de representantes de instituições financeiras e de empresas fornecedoras. Entre os políticos esteve o deputado federal Luiz Carlos Heinze, prefeito, vereadores e secretários de vários municípios da região.

Ver publicação original